Animes e Tokusatsus, coisas de criança?

Animes e Tokusatsus, coisas de criança?

Não apenas de crianças mas para adultos também. É importante ter em mente a seguinte comparação, o anime está para os japoneses, como as novelas estão para os brasileiros e as séries para os americanos em nível de importância. Existem animes de todos os generos: drama; comédia; ação; aventura; terror; infantil; policial; suspense psicológico; grandes obras da literatura adaptadas; terror; porno e assim por diante.
Temos a visão que eles são apenas para crianças por que estes são os mais divulgados, são os que as emissoras abertas transmitem, e, por sua natureza, afinal o signo usado são, fundamentalmente desenhos. Aqui procurarei demonstrar que todos eles possuem seu valor e são Arte. Conheçam aqui um pouco mais deste maravilhoso universo!

domingo, 27 de março de 2011

Grandes Detetives de Agatha Christie: Poirot e Miss Marple versão anime!

A esquerda Poirot, abaixo dele Miss Lemon sua secretária, no centro Mabelle, a direita Marple e abaixo dela Hastings auxiliar de Poirot.
É como é chamada a adaptação anímica da obra da Rainha do Crime Agatha Christie. Esta viveu até os 85 anos tendo publicado mais de 80 títulos, além do inglês teve suas obras publicadas em outros 45 idiomas, tendo vendido em todo o mundo mais de quatro bilhões de exemplares, perdendo apenas para a Bíblia e para Shakespeare.

Na adaptação anímica não houve grandes mudanças em relação aos textos originais provavelmente por causa do gênero a que pertence suas obras que não permite mudanças significativas, é preciso que a seqüência dos fatos, as pistas, as personagens e o tempo em que a trama se da se mantivessem, para preservar o enredo.
Foram focados dois de seus principais detetives, Hercule Poirot que surge com a própria autora já que está presente em seu primeiro livro, O misterioso caso de Styles, estando presente em 39 obras da autora. Outro fato interessante em relação à Agatha é que ainda na década de 40 ela decidiu matar seu detetive, exatamente isso! Para evitar que outros explorassem seu personagem após sua morte ela escreve o romance Cai o pano e deixa ordens expressas para que seja publicado apenas após a sua morte, ainda assim o livro é publicado em 1975 e a Rainha do Crime se despede desde plano no inicio de 1976, assim criadora e criatura se vão juntos. 
Miss Marple vai estar presente em 12 das obras da autora, diferente de Poirot ela não é uma detetive, esta mais para uma especialista na natureza humana, sendo capaz de ler nas entrelinhas como as pessoas funcionam em todos os aspectos, a personagem estréia no livro Assassinato na Casa do Pastor.


 Porém era preciso adicionar um elemento que funcionasse como elo entre os universos dos dois detetives apresentados e suavizasse a trama. Este elemento é Mabelle West. Mabelle seria no anime filha de Raymond West, sobrinho de Miss Marple, logo ela seria sobrinha neta da solteirona inglesa, e auxiliar de Poirot, mesmo aparentando menos idade ela tem dezesseis anos.  
 Outro ponto interessante do anime é que cada episódio, ou seqüência de episódios, tem logo após a abertura o nome da história original da qual foi adaptado. Normalmente histórias curtas são apresentadas em um único episódio e romances em seqüências de quatro episódios.

 Este é um dos episódios da série protagonizado por Poirot:

  video 

E este outro dedicado a Miss Marple:

  video 

Ficha Técnica:

Grandes Detetives de Agatha Christie: Poirot e Miss Marple 
 
Gênero: Policial
Direção: Naohito Takahashi
Estúdio: Oriental Light and magic
N° de episódios: 39
Lista de episódios

Na próxima semana em Animes e Tokusatsus: Kaiji - Uma critica feroz a sociedade capitalista de nossos dias!


Até lá!!!

sexta-feira, 18 de março de 2011

Sátiras de Naruto: Charuto; e, Kamen Rider G, o Sommelier.


Desculpem a demora pelos artigos, nosso projeto “Contos do Crack” esta passando por uma reformulação, então tem tomado muito de nosso tempo, mas tão logo esta etapa esteja terminada voltaremos a ter três postagens todas às semanas trazendo sempre um novo olhar sobre Animes e Tokusatsus.

KAMEN RIDER G

Você gosta de vinho? Conhece os sabores, os acha inconfundíveis? Você também pode ser um Rider!         Kamen Rider G é um especial que conta a história de Goro, um sommelier. 
Chama a atenção a maneira como este Rider se transforma, surge uma garrafa de vinho em sua mão que ele encaixa no cinto, este semelhante a um saca rolha é acionado e surge G. Mas não é apenas no cinto que encontramos o saca rolha também o vemos em sua espada. Será ele um bebum? Acompanhe o vídeo a seguir e descubra!
 Muito estiloso não é mesmo? Kamen Rider G foi apenas um especial de um único episódio, provavelmente não foi bem aceito por ter uma temática alcoólica. Rsrsrs. Uma vez que o publico visado é o infanto juvenil, este não seria o herói ideal para as crianças se espelharem.

Sátiras de Naruto: Charuto ou Xaruto ou coisa assim!

A verdadeira história de Uchira Itachi!

         E de Mauricio Ricardo:
         Tobby entrevista - Charuto

E Tobby entrevista Suzuki.

 
A seguir em Animes e Tokusatsus: Agatha Christie versão animica!
 Até lá!

domingo, 6 de março de 2011

Edição Extra: Novas noticias de Cavaleiros do Zodíaco


Boas novas para os fãs de CDZ lançado no Japão a continuação de Lost Canvas, confira abaixo o encerramento e os previews dos episódios 14 e 15. Logo depois deles novas informações sobre o novo filme!!! E... um trailer do mesmo!!!








Agora quanto ao filme 3D, a boa noticia é que a Playarte negocia com a Toei para realizar o lançamento simultaneo do filme aqui no Brasil, ou seja, não teremos que esperar séculos até que chegue aqui. A má noticia é que o lançamento está previsto para 2012, não aos séculos, mas um ano aguardando!!!
 

Em seguida em Animes e Tokusatsus: Kamen Rider G - O Sommelier
E logo depois: Paródias de Naruto 
 

quinta-feira, 3 de março de 2011

Gankutsuou – O Conde de Monte

 Gankutsuou – O Conde de Monte Cristo é a versão anímica do romance homônimo de Alexandre Dumas (título original: Le Comte de Monte-Cristo) que é considerado, juntamente com Os Três Mosqueteiros, uma das melhores obras de Dumas, e é freqüentemente incluído nas listas de melhores romances já escritos. O nome Gankutsuou significa literalmente “O Rei da Caverna”, que remete a caverna na Ilha de Monte Cristo em que Edmond encontra a fortuna que usaria em sua vingança.
Trata-se de uma história de amor, traição e vingança. Diferente do romance de Dumas em que os fatos se dão no passado, o anime nos leva para o futuro, aproximadamente 5000 d.C., tempo no qual a humanidade já terá vencido o espaço e habitará vários planetas. 
Fora isso, a trama original se mantém razoavelmente fiel ao romance, sendo a maior diferença o contraste que o anime gera entre a geração de Edmond Dantés e de Albert (o filho de Mondego, que ganha mais destaque), a primeira, vil e traiçoeira, a segunda, inocente e sonhadora, podemos até dizer pura, o que gerá, mesmo sendo mantido o final trágico das personagens, um final de esperança no futuro.
Outro ponto que merece destaque é sua arte, a forma como a animação foi feita, utilizando recursos gráficos, cores, texturas e outros efeitos de computador com suavidade que não tiram o aspecto de anime, mas contribuem para um visual inovador, bom, inovador para os que não conhecem as obras de Gustav Klimt, grande pintor simbolista austríaco, e, é claro, suas obras. É muito interessante o choque que ocorre quando assistimos a abertura em preto e branco e em seguida a riqueza de cores dos episódios, chamados neste anime de ‘atos’ (referência ao teatro), nos quais as imagens parecem se fundir.
Bom, para finalizar a abertura e encerramento são de Jean- Jacques Burnel o que já deixa claro sua imensa qualidade, abaixo a abertura e um trecho do anime para que possam compreender o porquê dele ser merecedor de tantos elogios. 





           

Ficha Técnica
Direção Mahiro Maeda
Estudio: Gonzo
Exibição original: 5 de Outubro de 2004 – 29 de Março de 2005   


Em seguida em Animes e Tokusatsus: Kamen Rider G - O Sommelier
E logo depois: Paródias de Naruto 
 
 

segunda-feira, 28 de fevereiro de 2011

Indicado para o MEME Literário por Pedro Paiva do MeaBabel



Bom, fui indicado por Pedro Paiva do MeaBabel, pelo nome já se evidencia que é um blog em que encontramos um pouco de tudo, e é com imensa satisfação que o aceito, e aqui vai a minha lista de vitimas, HAHAHAHA (risada maléfica):

Vera luz do Inspira Alma, site delicioso que visa a um trabalho que julgo lindo, ajudar as pessoas a encontrarem-se com seu eu interior e entrar em harmonia com seu próximo e todo o universo.

Marine Cristina Fiaux do Filosofia de banheiro e Cia, você vai se indignar com ela, vai rir com ela, vai chorar com ela(muito pouco). Enfim um ótimo blog.

Nilse Aparecida do blog da Mamãe Ganso, extremamente divertido, com ótimas e praticas receitas, confiram, vale a pena!!!

João Octávio com seu Mundo Imaginário, um blog leve e gostoso, é bom acompanhar blogs que nos leva para um mundo imaginário, lugares tranqüilos.

Vocês deverão responder as mesmas perguntas, indicar outros (até dez) e colocar o link de quem os indicou quando publicarem.

Agora um trecho do poema de Castro Alves “O livro e a América”:

Por isso na impaciência
Desta sede de saber,
Como as aves do deserto
As almas buscam beber...
Oh! Bendito o que semeia
Livros... livros à mão cheia...
E manda o povo pensar!
O livro caindo n'alma
É germe — que faz a palma,
É chuva — que faz o mar. 

Vós, que o templo das idéias
Largo — abris às multidões,
Pra o batismo luminoso
Das grandes revoluções,
Agora que o trem de ferro
Acorda o tigre no cerro
E espanta os caboclos nus,
Fazei desse "rei dos ventos"
— Ginete dos pensamentos,
— Arauto da grande luz! ... 

Bravo! a quem salva o futuro
Fecundando a multidão! ...
Num poema amortalhada
Nunca morre uma nação.
Como Goethe moribundo
Brada "Luz!" o Novo Mundo
Num brado de Briaréu...
Luz! pois, no vale e na serra...
Que, se a luz rola na terra,
Deus colhe gênios no céu!... 

Existe um livro que você leria muitas e muitas vezes, sem se cansar? Qual?
Bom, na verdade vários! Eu adoro ler e reler o que gosto. No MEME anterior eu indiquei "A Ressurreição de Cristo” de Og Mandino, uma história ficcional montada sobre a história bíblica. Aqui indicarei “Anjos e Demônios” de Dan Brown. Excelente trama muito bem arquitetada, da de dez a zero em o Código Da Vinci.

Se você pudesse escolher apenas um livro para ler o resto de sua vida, qual escolheria?
Aqui eu continuo com a Bíblia, é um livro cheio de histórias maravilhosas


Indique um livro para que outros possam ler.
Pela natureza deste blog eu vou indicar Japop – O poder da cultura pop japonesa, excelente livro de Cristiane Sato, aborda de maneira simples e extremamente didática a história e a importância desta cultura em todos os seus seguimentos.
Muito obrigado Pedro pela indicação, fico muito feliz que tenhas lembrado de mim!

domingo, 27 de fevereiro de 2011

Code Geass – Parte II de II


Eu gostaria de falar muito mais a respeito deste magnífico anime, porém isso não é viável, o post ficaria enorme, ou teria que fazer uma série infinita, então tratarei de apenas mais alguns aspectos. Vamos curtir o segundo encerramento da série ele dura cerca de noventa segundos e, novamente, peço atenção para a letra da canção que aparece legendada.



Como eu disse na primeira parte, Lelouch cria Zero e faz uma incrível aparição em publico diante da mídia apresentando-se como o herói dos oprimidos. Mas acontece que sozinho ele não chegará a lugar nenhum. Precisa de um exército. Para isso ele vai passar a chefiar um dos grupos terroristas anti-Britânia. Acontece que um dos grupos terroristas realiza um seqüestro em Tóquio, entre os seqüestrados vários elevens e a vice-governadora da área 11, a Princesa Euphemia. Este fato chama a atenção da imprensa de todo o mundo e impede as autoridades de agirem, assim Zero realiza o salvamento diante de todo o mundo e apresenta o que seria o núcleo de seu exército, a Ordem dos Cavaleiros Negros, que de terroristas passam a defensores dos

oprimidos, a imagem que ele deseja passar caí como uma luva ao salvar tanto britânias quanto elevens das mãos dos terroristas. O financiamento acaba sendo resolvido com isso, ele passa a receber o apoio de diversas frentes que são contra o terrorismo, mas a favor de defensores da justiça, inclusive de outros países que temem se tornar vitimas de Britânia. Estão vendo como ele manipula as peças de seu jogo de xadrez?
Vocês devem ter notado na letra da canção acima a ambivalência, quando não se sabe mais se ele é herói ou vilão, afinal ele não está nem aí para os outros, o que lhe

interessa é alcançar seus objetivos pessoais. Com esse propósito ele é forçado a agir de maneira muito vil, Britânia resolve criar uma zona neutra no Japão, onde elevens e Britanias teriam os mesmos direitos, isso é um perigo para os planos de Lelouch. No dia da inauguração desta zona neutra, ele vai até lá e por meio do Geass (que vocês só saberão o que é assistindo a série) consegue fazer com que Euphemia ordene o massacre de quase um milhão de japoneses que lá estavam, é claro, ele juntamente com seu exército estão lá para defender os japoneses, nesta guerra ele mata sua irmã Euphemia, tudo diante da imprensa internacional. Britânia ordena que as transmissões sejam interrompidas, mas ele já havia previsto isso e se precavido, logo passa a receber o apoio de muitas outras nações em suas ações contra Britânia.
Quanto à relação do anime com a história real, vemos nele representadas diversas cenas da segunda guerra, a invasão de países, a corrida armamentistica que se dá logo após a segunda guerra, a criação da bomba atômica, manipulação de informação, espionagem e contra espionagem, outros povos sendo massacrados, verdadeiro genocídio mesmo!
Gostaria de falar mais a respeito, mas não quero uma postagem longa demais, essa é mais uma sugestão que lhes passo, assistam! Não vão se arrepender!

Ficha Técnica
Direção: Goro Taniguchi
Estúdio: Sunrise
Episódios: 50

A seguir em Animes e Tokusatsus: O Conde de Monte Cristo;


E Kamen Rider G: será ele um bebum? O que é uma espada saca rolha? Descubra em nossas próximas postagens!!!!!



Algumas paródias de Naruto, vamos dar risada!

quarta-feira, 23 de fevereiro de 2011

O Inesquecível Kamen Rider Black

Black Kamen Rider como ficou conhecido no Brasil, é por muitos considerada a série Black Rx. A série mostra as aventuras do herói Kotaro Minami, Issamu Minami na tradução brasileira, um jovem que tem sua vida transformada ao completar 19 anos pela “seita” Gorgom. Os Gorgom’s são um grupo de monstros liderados pelos seus três
sacerdotes, Dankam, Baraom e Pérola, e pelo líder-mor o Grande Rei. Eles estão infiltrados em altos setores da sociedade, e tem a capacidade de transformar humanos em monstros mutantes, dando-lhes uma vida de cinqüenta mil anos.
Muitas pessoas da alta sociedade querem entrar para os Gorgom’s, para obter uma longa vida e poder. Aqueles que são “convidados” a entrar nos Gorgom’s e se negam, são executados. Foi o caso dos pais de Kotaro, que pediram para um amigo criá-lo. Este aceita entrar para os Gorgom’s desejando poder, em troca, entregaria Kotaro e Nobuiko quando estes completassem 19 anos. Kotaro e Nobuiko nasceram no mesmo dia sob um eclipse solar e no dia do décimo nono aniversário haveria outro eclipse.
A intenção dos Gorgom era transformar os filhos do eclipse nos sucessores do Grande Rei que em breve morreria. Estes candidatos deveriam duelar e o sobrevivente assumiria o posto do Grande Rei. Durante a cirurgia para transformação é inserido um Kingstone em cada jovem. Kingstone é a pedra do poder, aquele que juntar as duas terá um poder inimaginável e assim se tornará o Imperador Secular. Durante este processo ele se arrepende de haver entregue os dois ele interrompe a cirurgia. Kotaro tem sorte e consegue fugir. Nobuiko fica em um estado de animação suspensa.
Kotaro a bordo de Battle Hopper, a moto viva (importante lembrar que Kamen Rider em português seria Motoqueiro Mascarado) destinada aos candidatos á Imperador Secular, é perseguido pelos Gorgom’s. Durante o ataque Kotaro transforma-se em Black Sun, Sr. Black na tradução brasileira, e passa a assumir o nome de Kamen Rider Black. Pelo fato de a cirurgia não ter sido completada Kotaro pode se transformar mas não teve sua memória apagada.
Inicialmente os Gorgom enviam monstros para recapturar Black, além dos comuns
planos de destruição da humanidade, porém como Black além de não ser recapturado sempre destrói os monstros e os planos, decidem eliminá-lo, sempre sem sucesso, claro. Após todos os fracassos, o Grande Rei ordena aos sacerdotes que usem suas energias para completar a cirurgia de Nobuiko. Mesmo correndo o risco de morrerem, eles o fazem, e assim Nobuiko renasce como Shadow Moon, e é agraciado com a Satan Sabre poderosa espada destinada ao Imperador Secular), derrota Taurus, um dos mais poderosos membros dos Gorgom’s, com apenas um golpe e logo após se apresenta e ameaça Black. Alguns episódios depois os sacerdotes renascem com mais força e novas formas.
Momento marcante da série é a morte de Black. Shadow Moon decide fazer um ataque em
massa contra o Japão e avisa que só vai parar quando Black o enfrentar. O que Black sempre evita pois não quer duelar e matar o seu irmão Nobuiko. Algumas pessoas conseguem fugir do Japão, entre elas as namoradas de Kotaro e Nobuiko. Após a excitação Black decide enfrentar Shadow Moon. É uma grande luta e quando Black está prestes a vencer, o Grande Rei interfere o que faz o jogo virar para o lado Shadow Moon que assim consegue tirar a vida de Black. Após cravar o Satan Sabre no ventre de Black, Shadow Moon exita em arrancar-lhe o Kingstone e não o faz. Dizendo que não precisa daquilo e que pode muito bem se tornar Imperador Secular sem o outro Kingstone.
Inicia-se um terremoto que joga o corpo de Black em um rio e depois vai parar no mar onde é resgatado pelo Monstro Baleia, um monstro que desejava apenas proteger o mar, este leva o corpo de Black para uma caverna submarina onde o banha com uma essência mágica de seus ancestrais e deixa a seu lado um buque jogado no mar por Sati, a namorada de Kotaro. Black renasce mais forte e vai ao encalço de Shadow Moon.
Na luta final, os dois últimos episódios (sendo que o último não foi exibido Brasil), Shadow Moon recebe os poderes do Grande Rei e usa Battle Hopper contra Black, porém a moto viva se rebela e ataca Shadow Moon, que tenta destruí-la. A explosão do ataque que dá fim à moto fere gravemente Shadow Moon, que é recolhido por serviçais deixando a espada Satan Sabre para trás.
Com a morte de sua moto amiga e de posse do Satan Sabre, Black vai atrás de Shadow Moon e o vence na fortaleza dos Gorgom. O Grande Rei diz para Black assumir o posto de Imperador Secular, ao que Black se nega e ambos duelam. Black vence, com a morte do Grande Rei encerram-se os ataques ao Japão, Kotaro joga o Satan Sabre numa cachoeira e tenta levar uma vida normal.
A série cativou a muitos no Brasil, com seu ar sombrio, boa história voltada ao público infanto-juvenil e ótimas cenas de luta. É meio estranho para ocidentais ver uma relação meio distante entre namorados, como as que são vistas na série, mas são traços culturais.
Kamen Rider Black também se diferencia dos Riders anteriores por ser uma quebra no estilo, ele é um mutante e não um humano remodelado ou um ciborg como seus antecessores. O estilo dos Gorgom também difere das organizações inimigas anteriores, não possui ligação com os Riders anteriores, e estes não fazem participação na série, coisa que acontecerá na sequência: Kamen Rider Black RX.

Ficha Técnica: Kamen Rider Black.

Gênero: ação-aventura

Criador: Shotaro Ishinomori

N° de episódios: 48 (25 min. cada)

Produção: Toei

Ainda essa semana em Animes e Tokusatsus:


A continuação de Code Geass








E na semana que vem:


O Conde de Monte Cristo











E, INCRIVEL!!!! Kamen Rider G - O especialista em vinhos















Até lá!!!